segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Panquecas Empilhadas com Banana, Iogurte e Mel


Todo mundo aqui em casa adora panquecas. É o café da manhã preferido da turminha. Semana passada, naquela vibe preguiçosa pós-Natal, decidi que faria essas panquecas para os meninos comerem quando acordassem. A receita é hiper fácil e deliciosa, eu faço a metade e rende a quantidade perfeita de panqueca para nós quatro, mais uma para o Caio!

Panquecas Empilhadas com Banana, Iogurte e Mel
do Step by Step Baking

Ingredientes:

200g de farinha de trigo com fermento
1 colher (chá) de fermento em pó
40g de açúcar
250 ml de leite integral
2 ovos, batidos
1/2 colher (chá) de essência de baunilha
30g de manteiga derretida
2-3 bananas
200g de iogurte natural
Mel para servir
Manteiga para untar a frigideira

Modo de Preparo:

Em uma tigela, peneire a farinha e o fermento, Junte o açúcar e reserve. Em outra tigela, bata os ovos com o leite e a baunilha. Junte à mistura seca e mexa bem. Acrescente a manteiga e misture apenas até incorporar. Unte uma frigideira com manteiga e, com o auxílio de uma concha, faça as panquecas. Quando estiverem com bolhas estourando na parte de cima, é hora de virá-las. Doure-as do outro lado, retire do fogo e monte a pilha: Uma panqueca, iogurte misturado com o mel e as bananas em rodelas. Repita a operação e sirva.

sábado, 28 de dezembro de 2013

Smoothie de Banana e Cereja


Essa é uma ótima opção para incluir frutas na alimentação dos pimpolhos. Fiz aqui em casa para o café da manhã e eles adoraram! E, além disso, é super simples!

Smoothie de Banana e Cereja

Ingredientes:

1/2 xíc. (chá) de cerejas frescas
1 banana
1/2 xíc. (chá) de suco de laranja
3 cubos de gelo

Modo de Preparo:

Bata os ingredientes no liquidificador e sirva imediatamente. 

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Salpicão e Feliz Natal!


Há anos eu sou a responsável por levar o salpicão da ceia de Natal. Esse ano fiz uma versão antes, pra colocar aqui no blog. Mas quem disse que deu tempo de postar?! Bom, como antes tarde do que nunca, fica aqui a minha versão dessa saladinha muito popular e super gostosa, junto com os meus votos de Feliz Natal para os queridos leitores desse humilde bloguinho!

Salpicão de Natal

Ingredientes:

1 cenoura grande, ralada no ralo grosso
150g de uvas passas escuras
200g de peito de frango cozido e desfiado
1 maçã grande, cortada em cubos pequenos
3 fatias de presunto, picadas
1 xícara (chá) de maionese
1/2 xícara (chá) de creme de leite

Batata palha para servir

Modo de Preparo: 

Misture todos os ingredientes. Leve à geladeira e, na hora de servir, coloque a batata palha.

domingo, 22 de dezembro de 2013

Rabanadas


A minha avó paterna é especialista em rabanada. Na época de Natal, todo mundo quer comer a rabanada que ela faz, é o maior sucesso! Dia desses mandei um e-mail pra ela pedindo a receita, porque estava morrendo de vontade de comê-las. Vovó me mandou tudo explicadinho. Preparei e era isso mesmo: 100% o gosto da deliciosa rabanada dela! Essa semana com certeza pegaremos nossa marmita por lá!

Rabanadas

Ingredientes:

1 pão tipo baguete comum
1 lata de leite condensado
500 ml de água filtrada
4 ovos
500ml de óleo para fritar
1 xíc. (chá) de açúcar
Canela a gosto

Modo de Preparo:

Três dias antes de preparar as rabanadas, corte a baguete em fatias grossas, de aproximadamente 3 cm de espessura. No dia da preparação, reserve duas tigelas. Na primeira, coloque o leite condensado e a água. Na outra, os ovos, levemente batidos. Em um prato, coloque o açúcar e a canela para polvilhar. Aqueça o óleo em fogo baixo. Molhe as fatias de pão primeiro na mistura de leite condensado, depois passe pelo ovo. Coloque para escorrer em uma peneira enquanto prepara o restante das fatias. Frite em óleo quente em fogo médio até que as fatias fiquem levemente douradas. Escorra em papel toalha e passe pela mistura de açúcar e canela, apertando para aderir às rabanadas. Podem ser servidas em temperatura ambiente ou geladas.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Sorvete de Baunilha (Estilo Filadélfia)


Eu sou a maior fã de sorvetes caseiros. Primeiro porque tiramos uma série de porcarias que o industrializado tem. E, segundo, porque eu AMO comer o restinho do sorvete da sorveteira depois que ele termina de bater. Comprei uma garrafa de creme de leite fresco para fazer essa receita e fiquei com um pouco ainda na geladeira. Tive a ideia, então, de fazer um sorvete de baunilha. Ao mesmo tempo que eu adoro fazer os sorvetes caseiros, eu não gosto muito do fato de que muitos eles pedem uma quantidade tensa de gemas (tipo 5 ou 6). Aí procurei, no livro do David Lebovitz, uma receita de sorvete que não levasse ovo. E o resultado foi esse gelado delicado e maravilhoso, inclusive vou ali tomar uma tacinha agora!

Sorvete de Baunilha (Estilo Filadélfia)
do livro The Perfect Scoop

Ingredientes:

2 xíc. (chá) de creme de leite fresco
1 xíc. (chá) de leite integral
3/4 xíc. (chá) de açúcar
Sementes de uma fava de baunilha
3/4 colher (chá) de essência de baunilha

Modo de Preparo:

Em uma panela, despeje metade do creme de leite, o açúcar e as sementes e a fava da baunilha. Aqueça até que o açúcar dissolva totalmente. Retire do fogo, acrescente o restante do creme de leite e o leite e a essência de baunilha. Misture bem e deixe a mistura na geladeira por pelo menos 4 horas. Coloque na sorveteira e siga as instruções do fabricante. Depois de pronto, guarde o sorvete no congelador e retire 10 minutos antes de servir.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Croque Monsieur, e, de Quebra, uma Ciabatta Maravilhosa


Um dia desses, mexericando no Pinterest, achei um pin de uma pessoa dando dicas para o café da manhã. Como agora sou uma pessoa que precisa alimentar 3 crianças nesse turno, fui ver as ideias da pessoa, que, na verdade, era um post do site da Martha Stewart. A única vez que tentei fazer croque monsieur foi um fiasco. O pão ficou super empapado, e, pra vocês verem como a situação foi feia, nem o Bernardo comeu (!) Aí desisti por algum tempo, até encontrar essa dita receita da Martha Stewart, que me levou a preparar, além do sanduíche, o próprio pão que o constitui. Acreditem em mim quando eu digo: essa ciabatta é deliciosa! Macia e aerada, não deixou devendo pra nenhuma padaria por aqui! E o croque, agora sim, uma coisa profissional! Não foi café da manhã, mas foi um jantar de domingo perfeito!


Ciabatta
do Step by Step Baking

Ingredientes:

2 colheres (chá) de fermento biológico seco
2 colheres (sopa) de azeite
450g de farinha de trigo
1 colher (chá) de sal
350 ml de água

Modo de Preparo:

Em uma tigela pequena, dissolva o fermento e acrescente o óleo. Em uma tigela grande, misture a farinha e o sal. Despeje a água com fermento por cima da farinha, misturando bem. Retire a massa da tigela e coloque sobre uma bancada. Sove a massa por aproximadamente 10 minutos. Ela deve ficar lisa e um pouco pegajosa. Coloque a massa em uma tigela untada com azeite, cubra com um plástico filme e deixe descansar por aproximadamente 1 hora, ou até dobrar de volume. Após o descanso, vire a massa na bancada e sove-a para retirar o ar. Divida-a em duas e molde-a como uma ciabatta - formato clássico de chinelo. Cubra com um plástico filme e deixe descansar por mais 1 hora, ou até dobrar de volume. Pré-aqueça o forno a 230oC. Retire o plástico filme de cima dos pães, borrife-os com água e leve-os ao forno por aproximadamente 30 minutos, borrifando-os a cada 10 minutos. Retire as ciabattas do forno e sirva em temperatura ambiente.

Croque Monsieur

Ingredientes:

1 e 1/4 xíc. de leite integral morno
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
3 colheres (sopa) de folhas de tomilho
Sal e pimenta a gosto

1 ciabatta
2 colheres (sopa) de mostarda dijon
150g de presunto fatiado
1 e 1/2 xíc. de queijo gruyère ralado
1/2 xíc. de parmesão ralado

Modo de Preparo:

Prepare o bèchamel: Em uma panela, coloque a manteiga e a farinha de trigo, mexendo sempre. Acrescente o leite, misturando com um fouet, e abaixe o fogo até engrossar. Acrescente a metade das folhas de tomilho e tempere com o sal e a pimenta. Reserve.

Retire a casca superior do pão. Corte-o ao meio, longitudinalmente, como um sanduíche de metro. Passe a mostarda, a camada de queijo gruyère e o presunto. Feche o sanduíche e leve-o ao forno alto pré-aquecido até que o queijo tenha derretido e o pão esteja dourado. Retire do forno e despeje o molho bèchamel por cima do sanduíche. Adicione o queijo parmesão e leve ao grill para tostar - ou, como eu, leve ao forno elétrico na temperatura super alta. Enfeite com o restante do tomilho e sirva imediatamente.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Ideia para o Natal - Gorro do Papai Noel


Recebi um e-mail de uma amiga semana passada que disse que lembrou de mim quando viu essa ideia para o Natal. Bom, como sempre, decidi fazer, pra ver se dava certo mesmo. E, gente, que coisa linda e que combinação deliciosa! Levei para um lanchinho na casa da minha avó, mas confesso que eu mesma não conseguia parar de comer! Kkkkkk!

E olha, a execução é super simples: fiz uma receita de brownie, esperei esfriar, desenformei e cortei em círculos. Aí, bati creme de leite fresco como chantilly e, com o bico de confeitar redondo, fiz a base branca, por cima do brownie. Coloquei um morango, mais um pouquinho do chantilly e pronto! Vai ficar ótimo na mesa do Natal!

domingo, 15 de dezembro de 2013

Picolé de Morango e Maracujá para um Bebê que não Gosta de Picolé


Na tentativa de fazer o Caio comer frutas - o que vem se tornando um suplício - decidi fazer esses picolés deliciosos. Como tinha em casa uma caixa novinha de morangos e uma polpa de maracujá, fui nesse sabor infalível, que, com certeza, pensei eu, ele ia adorar. Fiz o picolé de noite, deixei gelando e, de manhã, enquanto o Marcelo estava comendo, tentei dar um pouco pra ele. E que desilusão! O pimpolho mal olhou para o picolé, e certamente não gostou daquele treco tão gelado. Passada a decepção, o  sucesso com a turminha foi total! E olha, picolé de morango com maracujá é o que há de bom nessa vida!

Picolé de Morango e Maracujá

Ingredientes:

1 caixa de morangos, lavados e sem os cabinhos
2 colheres (sopa) de açúcar
Suco de uma laranja
100g de polpa de maracujá
3 colheres (sopa) de açúcar
Água a gosto

Modo de Preparo:

No liquidificador, bata os morangos, o açúcar e o suco de laranja e despeje nas forminhas. Leve ao freezer para congelar. Enquanto isso, prepare a parte de maracujá: Bata a polpa, o açúcar e a água a gosto, para o picolé não ficar muito concentrado. Depois que a parte de morango estiver congelada, coloque o suco do maracujá e leve ao freezer para endurecer.

sábado, 14 de dezembro de 2013

Gingerbread Men (ou Bonequinhos de Gengibre)


Vocês bem sabem que aqui no blog não tenho nenhuma 'série de Natal'. Mas eu adoro preparar coisinhas temáticas nessa época do ano. E esses bonequinhos fofos foram a minha primeira opção de biscoitinhos diferentes para a data. Depois de repetir essa receita para dar para os amiguinhos da escola do Marcelo, decidi testar essa receita dos biscoitos de gengibre, especialmente famosos no hemisfério Norte. E, já que eu tinha comprado o 'mixed spice' em um empório por aqui, resolvi que iria usá-lo para fazer essas belezinhas. Eu assumo que ando comendo um horror esses dias, mas não tem como não comer poucos desses biscoitinhos tão deliciosos e crocantes!

Gingerbread Men
do Step by Step Baking

Ingredientes:

4 colheres (sopa) de glucose de milho
300g de farinha de trigo
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 1/2 colher (chá) de gengibre em pó
1 1/2 colher (chá) de mixed spice
100g de manteiga gelada, em cubos
150g de açúcar mascavo
1 ovo
Glacê, para decorar

Modo de Preparo:

Em uma panela, aqueça a glucose de milho até que fique líquida. Desligue o fogo e reserve. Em uma tigela grande, peneire a farinha, o bicarbonato e as especiarias. Adicione a manteiga e misture com a ponta dos dedos, até que a mistura se torne uma farofa grossa. Acrescente o açúcar e misture bem. Em uma tigela menor, coloque a glucose e bata levemente com o ovo. Misture o líquido à massa, e sove até obter uma massa homogênea. Divida a massa em 3 partes e abra com o rolo, em uma superfície untada, com uma espessura aproximada de 5mm. Corte com os cortadores de bonequinhos e coloque-os em uma fôrma forrada com papel manteiga. Leve para assar em forno pré-aquecido a 190oC, até que os bonequinhos fiquem levemente dourados nas extremidades. Repita a operação com as outras porções da massa. Retire-os do forno, deixe esfriar, e então confeite com o glacê. 

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Pão de Nozes


Para fazer os docinhos da festa do Caio, comprei vários pacotes de nozes. Aí, como vocês sabem, deleguei essa tarefa às doceiras profissionais, fazendo com que sobrasse aqui em casa quantidades astronômicas de ingredientes para doces. Aí, procurando uma saída para as deliciosas nozes, decidi preparar, no domingo, um pão para a turma comer durante a semana. O resultado foi esse pão delicioso e macio, e que, nos dias que se seguiram, fizeram parte, além do café da manhã da turminha, da dieta de faquir do pequeno Caio. 

Pão de Nozes

Ingredientes:

400g de farinha de trigo
250g de farinha de trigo integral
2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
100g de nozes, levemente tostadas e picadas
1 e 1/2 colher (sopa) de sal
7g de fermento biológico seco instantâneo (achei uma explicação excelente sobre fermentos aqui!)
3 colheres (sopa) de azeite
450ml de água morna

Modo de Preparo:

Coloque as farinhas, o açúcar, as nozes e o sal em uma tigela grande e misture. Acrescente o fermento e então o azeite e a água morna. Misture, com as mãos, até que a massa se torne homogênea. Sove a massa por aproximadamente 10 minutos, ou até que ela se transforme em uma bola macia e elástica. Divida a massa em duas partes e coloque-as direto nas fôrmas que irão ao forno. Deixe-a descansar por aproximadamente 40 minutos, ou até que dobrem de tamanho. Asse em forno pré-aquecido a 200oC e asse até que fique dourado e totalmente assado por dentro, cerca de 30 minutos.

*O sanduíche da foto foi feito com peito de peru defumado, queijo minas, tomate, alface e mostarda, além do pão torrado na grelha!


quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Espaguete com Cenoura e Alho-Poró para um Bebê que Não Quer Comer


Estamos com um problema que é um pesadelo para uma mamãe que vive na cozinha. Caio não quer mais saber de comer. Desde que a nossa ajudante saiu de licença, tenho notado um leve boicote da parte dele para comer a minha comida. Nas semanas antes do aniversário dele, passei memoráveis dias diante dele na mesa, se negando a comer - e sequer triscar na comida. Passou o aniversário, umas duas semanas de bonança e, quando vejo, ele voltou a não comer mais. Não quer saber da fruta, nem dos legumes, nem do almoço rotineiro de casa. Gosta mesmo de uma papinha industrializada - mesmo de fruta -, dos biscoitos caseiros da mamãe, bolo, suco com açúcar, etc. E claro, de mamar. Na tentativa de fazer o pimpolho comer alguma coisa, ontem, na falta de tudo aqui em casa, me vi com duas cenouras, 2 talos de alho-poró e um pouco de espaguete. Não vou dizer que ele comeu tudo, mas posso dizer que, a quantidade que tinha na cadeirinha e no chão não era nem metade do que tinha no prato!

Espaguete com Cenoura e Alho-Poró

Ingredientes:

300g de espaguete
2 cenouras
2 talos pequenos de alho-poró
Fio de azeite para refogar
Sal e pimenta a gosto
Parmesão para servir

Modo de Preparo:

Corte o alho-poró e as cenouras em rodelas grossas. Refogue com o fio de azeite, coloque um pouco de sal e cubra com água. Deixe cozinhar até amolecer bem. Enquanto isso, cozinhe o espaguete al dente com bastante água e sal e reserve. Quando os legumes estiverem cozidos, escorra a metade da água e triture os legumes com o restante da água, até que forme um molho espesso e pedaçudo. Sirva com a massa e polvilhe com o parmesão para servir.

domingo, 8 de dezembro de 2013

Gnocchi ao Sugo


Como estamos sem empregada, não é difícil sermos chamados para almoçar na casa dos meus pais ou com os pais do Bernardo. O pessoal tem pena de mim, hehehe, e da minha família, que além de comer a gororoba, tem que lavar a louça e limpar a cozinha toda. Aí, em dias como esses, acabamos ficando sem jantar. Semana passada fomos almoçar na casa da minha mãe. Como não tínhamos janta, decidi fazer esse gnocchi, e, de quebra, testar além da minha mão para a massa, uma farinha italiana 00 que eu comprei pra fazer pão - ainda na falta daquela orgânica, que, ainda bem, já está de volta no mercado. E ficou ótimo! A textura ficou perfeita e o molho combinou super bem, o único problema é que o 1 kg de batata não rendeu tanto quanto eu imaginava. Aqui em casa daria bem só para 2 pessoas! 

Gnocchi ao Sugo
do Livro Pasta: Toutes les Recettes

Ingredientes:

1 kg de batatas
200g de farinha de trigo


Modo de Preparo:

Cozinhe as batatas (eu cozinhei no micro-ondas, além de mais sequinhas ficaram prontas em poucos minutos). Amasse-as ou processe-as, e vá juntando a farinha de trigo até que dê o ponto de desgrudar das mãos, aqui em casa usei 150g. Quanto mais farinha, mais ressecada ficará a massa. Ferva bastante água com sal em uma panela grande. Enquanto isso, molde os gnocchis. Divida a massa em 8 pedaços. Enrole cada pedaço de massa, de forma que virem cilindros não muito grossos. Corte os gnocchis, sempre polvilhando com farinha para não grudar. Coloque-os para cozinhar na água fervente, e deixe-os ferver até que subam à superfície da água. Retire do fogo, passe pela água gelada e sirva com o molho e bastante parmesão ralado.

sábado, 7 de dezembro de 2013

Pão de Cebola


Semana passada eu estava morrendo de vontade de comer um pão de cebola. Como sempre, procurei no google imagens uma foto de um pão bem apetitoso. Não encontrei nenhuma do jeito que eu queria. Por sorte encontrei uma receita em um dos meus livros aqui em casa, infelizmente o livro que não tem nenhuma foto, hehehehe, sou igual criança, só gosto de livros com fotos! Enfim, fui pra cozinha fazer e, gente, que pão delicioso. Comi tanto que quase passei mal de noite! Mas ficou um pãozinho tão macio, com o recheio da cebola adocicada, ai ai ai, bom demais! Além de tudo, cresceu super bem e ficou pronto rapidíssimo!
Pão de Cebola
do Grande Livro de Receitas de Claudia

Ingredientes:

Para o Pão:

2 colheres (chá) de fermento biológico seco
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de açúcar
1/2 colher (sopa) de sal
1/2 xícara (chá) de água morna
1 ovo pequeno
1/4 xícara (chá) de manteiga derretida

Para o Recheio:

1 cebola grande, cortada em rodelas
1/4 xíc. (chá) de manteiga
1/2 colher (sopa) de açúcar mascavo
1 colher (chá) de sal

Modo de Preparo:

Pão - Bata na batedeira o fermento, a farinha, o açúcar, o sal e a água. Junte o ovo (reserve um pouquinho para pincelar o pão) e a manteiga e bata por mais alguns segundos. Em seguida, coloque a massa em uma superfície polvilhada com farinha. Forme uma bola. Unte as mãos com um pouco de óleo e passe-as pela bola de massa. Deixe crescer por 45 minutos, ou até dobrar de volume.

Recheio - Frite a cebola na manteiga, em fogo baixo, até ficar macia. Junte o açúcar mascavo, mexendo até que derreta. Retire do fogo. Abra a massa com um rolo em um retângulo de 15x20cm, sobre uma superfície polvilhada. Recheie com a cebola e enrole a massa pelo lado mais comprido. Coloque em uma assadeira, cubra com um pano de prato e deixe crescer por mais 30 minutos. Pincele com o ovo reservado e leve ao forno pré-aquecido a 190oC por aproximadamente 40 minutos, ou até que o pão fique corado. Se perceber que o pão já está corado mas ainda está cru, cubra-o com um papel alumínio até que asse totalmente por dentro. Retire e espere amornar para cortar.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Pink Lemonade


Com 4 homens em casa eu admito que às vezes fica difícil querer fazer uma coisinha mais mulherzinha. É muito carrinho, muita bola, muito videogame, muito computador, programas de televisão de homem. Ninguém liga muito pra cozinha, vestido, rosinha, roxo com bolinhas amarelas, etc. Por isso essa alma feminina fica retraída por aqui, já que não tem muito espaço para bonecas e lacinhos. Essa semana vi que a Sandra postou no facebook uma limonada rosa linda! Aí, no dia que fui ao mercado - dessa vez acompanhada do Bruno de férias e do Caio - comprei os limões e o suco de cranberry. Ontem de tarde - mãos à obra! Fiz a limonada e os meninos adoraram! Aprovada inclusive pelo Marcelo, o encrenca que detesta suco de limão! Ele gostou tanto que, depois que acabou a primeira leva, tive que fazer outra com limão taiti mesmo, porque ele queria muito tomar mais suco! Além de tudo, super linda! Com certeza estará engarrafada para os próximos picnics!

Pink Lemonade

Ingredientes:

100 ml de suco de limão siciliano recém espremido e coado 
100 g de açúcar refinado
500 ml de água (250 ml natural e 250 ml gelada)
60 ml de suco de cranberry, framboesa ou morango
Cubos de gelo e rodelas de limão para servir (opcional)

Modo de Preparo:

Leve o suco de limão com o açúcar e metade da água (natural) em uma panela ao fogo até ferver. Abaixe e deixe cozinhando até os cristais de açúcar se dissolverem por completo. Apague o fogo e deixe esfriar totalmente. Ao esfriar, adicione o restante da água (gelada), o suco de cranberry e mexa bem. Sirva com bastante gelo e rodelas de limão para decorar.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Frango com Crosta de Parmesão


Às vezes, enquanto faço o Caio dormir na rede, fico bisbilhotando as belezas que o pessoal posta no Pinterest. Aliás, não sei de onde vem tanta inspiração pra esse pessoal, é cada coisa linda demais, e o melhor, tudo aparentemente muito copiável. E foi numa dessas olhadas que encontrei uma receita de frango à milanesa de forno com crosta de parmesão. Apaixonei. Além de super fácil, é uma ótima maneira de diversificar o cardápio!

Frango com Crosta de Parmesão

Ingredientes:

2 colheres (sopa) de mostarda dijon
1/2 colher (sopa) de folhas de tomilho picadas
Sal
4 peitos de frango, sem pele e sem osso - cortei os meus ao meio
3/4 xíc. de queijo parmesão ralado
3/4 xíc. de farelo de pão ou panko - bati algumas fatias de pão de fôrma no liquidificador
Azeite para untar a fôrma

Modo de Preparo:

Em uma tigela, misture a mostarda, o tomilho e o sal. Passe o peito de frango nessa mistura e depois empane-o na mistura do queijo com o farelo de pão. Unte a fôrma, despeje um fio de azeite por cima do frango e leve ao forno pré-aquecido a 240oC por aproximadamente 20 minutos, até que o frango fique bem dourado. Retire do forno e deixe descansar por 5 minutos antes de servir.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Bolo de Doce de Leite



Antes de ontem foi aniversário do meu irmão mais novo. Aí eu perguntei pra ele se ele queria um bolo. Ele disse que queria, e que queria que eu usasse minha imaginação para fazer um bolo pra ele. Decidi usar mesmo a imaginação e inovar. Fiz um bolo com massa de doce de leite, recheio de doce de leite, chocolate ao leite e meio-amargo. Fiquei com muito medo do bolo ser muito doce, já que leva a quantidade normal de açúcar adicionada ao doce de leite. Mas, na verdade, o bolo ficou bem suave, nada doce em excesso. Posso dizer que foi bastante elogiado, e o visual do marshmallow queimado deu um toque todo especial. Bom, eu almocei o pedacinho que trouxe pra casa ontem, precisa dizer mais alguma coisa?! =D


Bolo de Doce de Leite
receita do bolo daqui

Ingredientes:

Bolo:

1 xícara de doce de leite
100ml de óleo 
160g de açúcar
4 ovos
1 colher de sopa de fermento em pó
160g de farinha de trigo
Uma pitada de sal

Recheios:

200g de creme de leite
170g de chocolate ao leite
170g de chocolate meio-amargo
1 xíc. (chá) de doce de leite

Marshmallow:

3 claras de ovo
3/4 xícara (chá) de açúcar refinado
1/2 colher (chá) de cremor tártaro
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Modo de Preparo:

Bolo - Na batedeira, bata o doce de leite, o óleo e o açúcar até homogeneizar. Acrescente os ovos, batendo um a um. Peneire a farinha com o fermento e o sal sobre a mistura e deixe bater até misturar bem. Despeje a massa em duas fôrmas redondas, de 20 cm, untadas e enfarinhadas, e leve ao forno preaquecido a 180oC. Asse por cerca de 30 minutos em fogo médio, ou até o bolo passar no teste do palito. Depois de assar, deixe esfriar sobre uma grade e, depois de frio, desenforme.

Recheios - Derreta os chocolates no micro-ondas e misture, cada um, com 100g de creme de leite. Deixe-os na geladeira até que firmem, mas não endureçam, cerca de 20 minutos. Reserve.

Cobertura - Leve as claras, o açúcar e o cremor tártaro para aquecer em banho maria, mexendo sempre com um fouet. Assim que o açúcar dissolver e a mistura ficar aquecida, retire do fogo e leve à tigela da batedeira, batendo em velocidade baixa, aumentando gradativamente, até que o marshmallow forme picos firmes e brilhantes, o que deve levar aproximadamente 5 minutos. Junte a baunilha, bata para incorporar e reserve. 

Montagem - Corte os dois bolos ao meio e recheie a primeira camada com doce de leite, a segunda com chocolate meio-amargo e a terceira com chocolate ao leite. Deixe-o na geladeira para firmar e só então cubra-o com o marshmallow, passado rusticamente com uma espátula. Queime com o maçarico para o efeito tostado.

sábado, 30 de novembro de 2013

Tomates Recheados


A foto está meio caidaça, mas os tomates ficaram tão gostosos que tive que postar aqui! Além do mais, são uma ótima opção para deixar o almoço mais incrementado!

Tomates Recheados

Ingredientes:

4 tomates, sem a tampinha e sem sementes - usei italiano
100g de creme de leite
1 ovo
1/2 xícara (chá) de queijo ralado - usei mussarela e coalho
Sal e pimenta a gosto
Queijo parmesão para polvilhar por cima
Folhas de manjericão para enfeitar

Modo de Preparo:

Corte as tampinhas dos tomates, retire a polpa com uma colher e vire-os de cabeça para baixo, para drenar o líquido. Misture o creme de leite, o ovo, os queijos e tempere com o sal e a pimenta. Recheie os tomates cuidadosamente, para que o creme não derrame. Aqui em casa, usei minha assadeira para cupcakes, colocando cada tomate em um espaço dos cupcakes. Leve ao forno pré-aquecido a 200oC e asse até dourar levemente a superfície dos tomates. Retire os tomates do forno e sirva-os imediatamente.

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Torta de Frango - A Massa definitiva


Toda vez que faço a massa da torta de frango espero que, quando pronta, seja aquela massa que esfarela na boca, deliciosamente amanteigada. Até testar essa massa, eu nunca conseguia uma assim. A maioria era mais durinha, não ficava com a textura que eu queria. Aí descobri, no caderno de receitas da minha mãe, a receita do empadão de frango que ela fazia. Testei a massa e ficou perfeita, além de super fácil de trabalhar! É do tipo que você transfere para a fôrma e ela não quebra! Perfeita!



Torta de Frango

Massa:

3 xíc. (chá) de farinha de trigo
100g de manteiga gelada, em cubos
100g de margarina gelada, em cubos
Água gelada
1 gema e algumas gotinhas de molho shoyu para pincelar

Recheio (inspirado na torta da Marly):

600g de peito de frango cozido e desfiado
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de cebola ralada
1 xíc. (chá) de leite
Sal e pimenta a gosto

Modo de Preparo:

Massa - Com a ponta dos dedos, amasse a manteiga e a farinha de trigo. Vá acrescentando a água gelada até dar o ponto. Embrulhe em um papel filme e leve à geladeira enquanto faz o recheio.

Recheio - Em uma panela, refogue a cebola na manteiga. Adicione a farinha e mexa bem. Vá colocando o leite, aos poucos, misturando com um fouet para não empelotar. Junte o frango desfiado e deixe apurar o molho até que vire um creme espesso. Tempere a gosto e reserve.

Montagem - Divida a massa em duas partes. Abra a primeira massa e forre uma assadeira canelada de 22cm. Coloque o recheio e cubra com o restante da massa. Pincele com a gema batida com o molho shoyu e leve ao forno pré-aquecido a 200oC até que a torta fique totalmente corada.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

A Festa de Aniversário do Caio


Foi com muito carinho que eu e Bernardo preparamos a festa para o nosso bebê. Resolvemos fazer, dessa vez, um café da manhã, pra mudar um pouco o horário da festinha mesmo! Nesse post vou colocar algumas fotos que o Bernardo conseguiu tirar, já que descemos para arrumar o salão quase na hora da festa. Nessa hora de aperto, contamos com a ajuda dos amigos e parentes que chegaram mais cedo e - ainda bem - nos ajudaram a fazer a nossa festinha dar certo!


Na bancada do café teve uma baguete recheada com queijo, peito de peru e salada, uma salada de frutas, melão e uva cortados, salgadinhos, pães, croissants e um bolo de cenoura com cobertura de chocolate.


Na outra extremidade do balcão, os cinnamon rolls, alguns frios, geleia e requeijão.


A continuação do balcão, com uma torta de frango, os sucos dispostos nas suqueiras, cookies e melancia cortadinha.


As garrafinhas - das quais tomamos os mais de 20 sucos de tangerina pacientemente. 


Na mesa do parabéns, a faixa com o nome do Caio e os pompons, tudo feito pelo Bernardo!


Na mesa, pães de mel embalados como bem-casados, cupcakes de baunilha com cobertura de brigadeiro gourmet e os docinhos.


O ursinho marinheiro e os cupcakes!


Vista da mesa pelo lado esquerdo, com a bóia que fizemos de tecido! 


O bolo! Massa de chocolate, recheio de doce de leite e cobertura de buttercream de baunilha! Não sobrou nenhum pedaço pra contar história!


E agora, as lembrancinhas, que colocamos em uma estante no salão: jujubas de ursinho em caixas de acrílico.


Pão de mel e m&m's na latinha - hehehe, e essa foto, o terror do TOC com essa latinha fora do lugar!


Brigadeiros gourmet nas caixinhas e garrafinhas recheadas de balinhas coloridas.


 Vidros de papinha com m&m's e tubetes com mentos.


Marmitinhas recheadas com pacotinhos de brownies com recheio de doce de leite.


Garrafinhas de água personalizadas e bolhas de sabão!

E foi assim o primeiro ano do pimpolho, que já está aqui puxando a minha saia pra me tirar do computador, cada dia mais lindo e mais esperto! 



quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Dinner Rolls


Fiz, para a festinha de aniversário do Caio, os infalíveis cinnamon rolls que postei aqui. Mas o caso foi, que no meio de tanta confusão, muita coisa acabou não indo pra frente. Acordei às 5 da madrugada pra fazer os pães. Aparentemente coloque o leite ainda fervendo no fermento, o que fez com que a minha receita não crescesse de jeito nenhum. Já sem farinha e cheia de coisas pra preparar, fui ao mercado, comprei uma farinha 'x', pois não tinha a única que eu gosto - uma farinha orgânica que faz os pães crescerem maravilhosamente. Voltei pra casa - isso já quase 8 horas - e comecei do zero de novo. A massa cresceu, tudo certo, tudo ok. Mas acho que eu cortei os rolls muito finos, e eles acabaram ressecando no forno. Como já estavam no cardápio da festa, hehehehe, tarde demais para tirá-los. Os convidados comeram daquele jeito mesmo, tipo cinnamon cookies! Aí que passei dias procurando pela minha farinha, sem sucesso. Semana passada, quando fomos a uma lojinha de orgânicos - a mesma dos morangos - encontrei uma farinha orgânica para vender. Comprei pra ver se o resultado seria bom. Apesar de ter um pouco mais de casca do que a outra, a farinha é ótima e cresceu perfeitamente, fazendo com que esses dinner rolls ficassem fofinhos e macios, o que eu, sinceramente, duvidava quando via a foto no livro. Deliciosos!

Dinner Rolls

Ingredientes:

150ml de leite
60g de manteiga sem sal
2 colheres (sopa) de açúcar
3 colheres (chá) de fermento biológico seco
2 ovos, mais uma gema para pincelar
2 colheres (chá) de sal
550g de farinha de trigo

Modo de Preparo:

Em uma panela, ferva o leite. Retire 4 colheres de sopa e deixe amornar. Junte o fermento às 4 colheres de sopa reservadas e deixe agir por 5 minutos. No restante do leite, acrescente a manteiga e o açúcar e misture bem. Em uma tigela grande, bata os ovos, a mistura de leite e o fermento dissolvido. Vá acrescentando a farinha aos poucos, até a massa desgrudar das mãos. Sove bem a massa por 5-7 minutos, até que ela fique lisa e elástica. Coloque a massa em uma tigela, cubra com plástico filme e deixe descansar por aproximadamente 1 hora, ou até dobrar de tamanho. Após o descanso retire o ar da massa e divida-a em dois pedaços. Divida cada pedaço em 8 partes e faça as formas que desejar para os pãezinhos. Aqui em casa fiz tipo caracol, formato de 8 e redondinhos. Coloque os pães em uma assadeira untada e deixe-os descansar por mais 30 minutos. Pincele-os com a gema batida com 1 colher (sopa) de água. Asse em forno pré-aquecido a 220oC até que fiquem com a superfície dourada. Retire-os do forno e sirva morno.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Torta de Morango


Se tem uma sobremesa que eu adoro é torta de morango. Quando eu e o Bernardo éramos jovens - hehehe, bota anos nisso - sempre que íamos dar uma volta de tarde comprávamos uma tartelete de morango que tinha em uma confeitaria perto de casa. E eu fiquei com aquele gostinho na memória. Depois que aprendi a fazer, não parei mais. Adoro a combinação do morango com creme, que pode vir em um bolo, em uma torta ou em um mil folhas. Quando encontrei morangos orgânicos já sabia qual seria o fim deles! Essa receita fiz na pressa na semana passada, quando recebemos amigos queridos para provar a nossa massa caseira!


Torta de Morango
do Step by Step Baking

Ingredientes:

Massa:

150g de farinha de trigo
100g de manteiga sem sal gelada
50g de açúcar refinado
1 gema
1/2 colher (chá) de essência de baunilha

Creme:

100g de açúcar refinado
25g de amido de milho
2 ovos
1 colher (chá) de essência de baunilha - usei 1 fava
400 ml de leite integral

Montagem:

3 colheres (sopa) de geleia de morango
300g de morangos orgânicos, lavados e fatiados

Modo de Preparo:

Massa - Em uma tigela, misture a manteiga e a farinha, até que forme uma farofa grossa. Acrescente o açúcar. Bata a gema de ovo com a baunilha e adicione à mistura de farinha. Trabalhe a massa até que fique macia e incorporada. Caso não dê o ponto, acrescente um pouco de água gelada. Enrole a massa em um plástico filme e leve à geladeira por 1 hora. Após o descanso, abra a massa com um rolo e forre uma assadeira canelada de 22 cm. Leve a massa ao forno pré-aquecido a 180oC e retire quando ficar dourada - cerca de 20 minutos. Retire do forno e reserve.

Creme - Em uma tigela, bata os ovos com o açúcar, o amido de milho e a baunilha. Em uma panela, esquente o leite até começar a borbulhar. Acrescente o leite à mistura de ovos, misture bem e devolva à panela. Leve ao fogo médio, mexendo sempre, até que o creme engrosse - cerca de 3 minutos. Retire do fogo e leve para esfriar em uma tigela rasa, coberto com um plástico filme para não criar película.

Montagem - Passe a geleia no fundo da massa, despeje o creme por cima e arrume os morangos. Leve à geladeira para firmar e sirva gelada.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Chutney de Tomate


Depois de passado o furacão primeiro ano do pimpolho e ainda repondo as energias gastas, estou de volta. E hoje, pra compartilhar com vocês essa receita deliciosa de chutney de tomate, que ganhou absolutamente o coração do Bernardo aqui em casa. Há alguns meses fomos jantar com meus pais e meu irmão em um restaurante que a gente gosta bastante. Resolvemos pedir umas entradas e, entre elas, estava um delicioso hambúrguer de picanha com um chutney de tomate. Maravilha, todos adoraram. Há poucas semanas minha mãe veio aqui e lembrou do chutney. Achei uma receita na internet e fomos as duas pra cozinha para fazê-lo. Ela foi embora antes de ficar pronto, mas pude atestar que o tal do molho era mesmo delicioso - só um pouco doce demais pro meu gosto. Acertei a quantidade de açúcar e trago hoje essa receita que acompanha super bem uma carne, um frango ou mesmo um vegetal grelhado. Bom demais!

Chutney de Tomate
adaptado daqui

Ingredientes:

3 tomates grandes, bem maduros, sem pele
1/2 cebola picada
1 dente de alho picado
3 colheres (sopa) de açúcar
100 ml de vinagre branco
1 e 1/2 colher (sopa) de gengibre fresco ralado
Uma pitada de sal

Modo de Preparo:

Corte o tomate em cubinhos. Junte todos os ingredientes em uma panela, misture bem e deixe em fogo baixo até apurar - cerca de 30 minutos, mexendo de vez em quando. Ele deve ficar com a consistência de uma geleia, bem apurado. Retire do fogo e sirva.

- Aqui em casa servi com um hambúrguer caseiro (500g de patinho moído, cebola, alho, sal, pimenta), um brioche e brotos de alfafa por cima.

domingo, 3 de novembro de 2013

Carne de Panela


A ausência da minha empregada aliada ao tempo que tenho disponível de manhã tem me dado boas oportunidades de testar novas receitas. Não sou especialista em preparar carne. A turma aqui em casa está acostumada em alternar bifes de filé mignon com a carne moída. Pensando em preparar uma carne assada, comprei uma peça de lagarto no supermercado. Eu gosto do lagarto, apesar de achar uma carne um pouco ressecada. Resolvi que não iria assá-la, já que não vi notícia na internet de uma carne assada suculenta feita com esse corte. Decidi seguir o conselho da minha avó: marinei a carne durante a noite e, no dia seguinte, fiz na panela mesmo. O único problema foi o tempo. Como já estava quase na hora da turma chegar do almoço, resolvi, depois de duas horas cozinhando na panela, colocá-la na pressão. A carne ficou deliciosa, super macia e suculenta por dentro. Receita aprovada!


Carne de Panela
adaptada da Andrea

Ingredientes:

700g de lagarto, limpo
4 dentes de alho amassados
2 colheres (sopa) de molho shoyu
3 colheres (sopa) de vinagre de vinho branco
Ervas a gosto (usei ervas de provence)
Sal e pimenta a gosto
3 colheres (sopa) de óleo
2 cebolas em rodelas
1 colher (sopa) de farinha de trigo
Batata bolinha (opcional)

Modo de Preparo:

De noite, coloque a carne para marinar com os dentes de alho, o molho shoyu, o vinagre, as ervas, o sal e a pimenta. No dia seguinte, aqueça uma panela grande. Coloque o óleo e a carne, dourando bem todos os lados. Acrescente a cebola e continue virando bem a carne. Acrescente o líquido da marinada e cubra a carne com água. Deixe em fogo médio e vá virando a carne, para cozinhar igualmente, sempre acrescentando mais água quando necessário. Fiz isso por aproximadamente 2 horas na panela normal - mas você pode fazer tudo na pressão por uns 40 minutos. Depois das duas horas, levei a carne à panela de pressão por 30 minutos, com o molho. Abri a panela e acrescentei 400g de batata bolinha. Deixei cozinhar e apurar o molho. Caso o molho fique ralo, acrescente a farinha de trigo, misturando bem para não empelotar. Servi com uma polenta enformada e uma salada de agrião.

sábado, 2 de novembro de 2013

Croissants


O Jamie Oliver falou que não vale a pena. Gordon Ramsay disse que não faz. Nigella então, compra no mercado. Mas eu decidi fazer, de novo, croissants. Quando estivemos em Londres, comemos vários tipos, em vários lugares. Aliás, pareceu um pãozinho bem comum por lá. Essa receita fiz depois de fazer uma receita fracassada de croissant integral, que vi no site do David Lebovitz. Aí fui com o normal mesmo. Meu marido, que já devorou quatro desses hoje, pediu pra que eu repetisse a receita amanhã. Mas, para o bem do coração dele, vou deixar para a semana que vem!

Croissants
do Step by Step Baking

Ingredientes:

300g de farinha de trigo
1/2 colher (chá) de sal
30g de açúcar refinado
2 e 1/2 colheres (chá) de fermento biológico seco
Aproximadamente 1 xíc. (chá) de água morna
Óleo vegetal para untar a tigela
250g de manteiga sem sal gelada
1 ovo batido, para pincelar

Modo de Preparo:

Em uma tigela, coloque a farinha, o sal, o açúcar e o fermento. Misture. Vá acrescentando a água até que a massa fique macia, nem muito seca nem muito úmida. Sove a massa em uma superfície enfarinhada até que a massa fique com uma consistência elástica. Deixe-a descansando em uma tigela coberta com plástico filme na geladeira por uma hora. Após o descanso, retire o ar da massa e forme um retângulo, de cerca de 30x15 cm. Amasse a manteiga sobre um papel manteiga, deixando-a reta e aproximadamente do tamanho de um terço da massa aberta. Coloque a manteiga sobre a massa, bem no centro. Dobre a massa - como um envelope - e leve à geladeira por mais uma hora. Retire da geladeira e abra-a novamente em um retângulo de 30x15 cm. Novamente faça a dobra tipo envelope. Leve à geladeira novamente por mais uma hora. Repita a operação outras duas vezes. Deixe a massa descansar por pelo menos 6 horas na geladeira. Após o descanso, abra-a em um retângulo e corte-a em triângulos. Enrole, da parte maior para a menor e dobre as pontinhas para dentro. Repita a operação com o restante da massa. Deixe os croissants descansarem por aproximadamente uma hora, ou até que dobrem de tamanho. Pincele com o ovo batido e leve ao forno pré-aquecido a 220oC por dez minutos. Abaixe a temperatura para 190oC e asse por mais 10 minutos, ou até que fiquem dourados. Sirva morno.

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Pão Sírio (ou Pão Pita)


Depois de uma tentativa frustrada de fazer um pão sírio do livro de receitas do Paul Hollywood, senti que era hora de fazer novamente, usando, dessa vez, uma outra receita. E quer melhor oportunidade do que quando a vovó bate à porta com um delicioso antepasto de berinjela?! Enquanto ela ainda estava aqui brincando com o Caio, decidi que ia botar a mão na massa. E olha, não teve hora mais certa. Os pãezinhos saíram deliciosos e macios já do forno, bem diferentes dos pães terrivelmente duros que haviam saído do forno na receita anterior. Hoje, já dias depois de tê-los feito, comi, de manhã, um sanduíche feito com o último pãozinho grelhado. Delicioso é a palavra!

Pão Sírio

Ingredientes:

1 colher (chá) de fermento biológico seco
4 colheres (sopa) de água morna
60g de farinha de trigo integral
250g de farinha de trigo
1 colher (chá) de sal
2 colheres (chá) de azeite

Modo de Preparo:

Em uma tigela pequena, misture o fermento com a água morna. Deixe descansar por cinco minutos. Em uma tigela grande, misture as farinhas e o sal. Faça um buraco no meio da mistura de farinha e acrescente o azeite e a água morna com o fermento. Misture bem, transfira a massa para uma superfície enfarinhada e sove até que a massa fique lisa e elástica. Transfira a massa para uma tigela untada com azeite, cubra e deixe descansar por cerca de uma hora, ou até que tenha dobrado de tamanho. Após o descanso, retire totalmente o ar da massa, corte-a em seis pedaços e vá abrindo com o rolo, uma a uma, no formato que desejar. Transfira os pães para uma assadeira polvilhada com farinha e deixe descansar por mais 20 minutos. Enquanto isso, pré-aqueça o forno a 240oC e coloque uma assadeira grande para ir aquecendo. Coloque os pães na assadeira quente e asse por 5 minutos. Retire-os do forno e pincele-os levemente com água. Sirva-os mornos.


quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Mousse de Limão


Voltamos com tudo no CanalReceitinhas! Essa semana tem vídeo da mousse de limão! Passa lá pra conferir!

domingo, 27 de outubro de 2013

Risoles de Milho


Infelizmente ainda não tive a oportunidade de assistir nenhum dos programas da segunda temporada daquele gato do Rodrigo Hilbert. No entanto, vi na internet que ele tinha preparado risoles de milho, e decidi preparar também. Peguei uma receita na internet - não lembro de qual site - e preparei. Deliciosos os salgadinhos, ainda sobraram alguns congelados pra fazer durante a semana!

Risoles de Milho

Ingredientes:

Massa:

1 xícara (chá) de leite
1 xícara (chá) de caldo de carne
1 colher (chá) de manteiga
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
Sal e pimenta do reino a gosto

Recheio:

1 lata de milho verde escorrida
2 talos de cebolinha, picados
1 colher (sopa) de manteiga
Sal e pimenta do reino a gosto

Para empanar:

2 ovos
1 xícara (chá) de farinha de rosca
Óleo para fritar

Modo de Preparo:

Massa - Em uma panela grande, ferva o leite com o caldo de carne, a manteiga, o sal e a pimenta. Acrescente a farinha e mexa bem, até que vire uma massa lisa. Coloque em uma superfície polvilhada com farinha, espere esfriar um pouco e vá sovando até que a massa fique macia. Reserve.

Recheio - Em uma panela pequena, refogue a manteiga e a cebolinha. Adicione o milho verde e tempere a gosto. Reserve.

Montagem - Pegue pequenas porções da massa, amasse-as com a palma da mão e forme um círculo. Recheie com uma quantidade pequena do milho e dobre a massa ao meio, formando um pastel. Feche bem as bordas - pode pincelar com água para fechar - e reserve os risoles. Empane-os no ovo, e depois na farinha de rosca. Se for congelá-los, esse é o ponto certo. Se não, frite-os em óleo quente e fogo baixo, até que fiquem dourados.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Kafta


Para completar o post do delicioso tzatziki, agora vem a receita da kafta, essa carne moída no espeto cheia de personalidade! Delícia para sair da rotina!

Kafta

Ingredientes:

500g de carne moída (peça para moer 2 vezes) - usei patinho
1/2 xíc. (chá) de cebola em cubos pequenos
2 dentes de alho amassados
1 colher (chá) de páprica defumada
Salsinha, cebolinha e hortelã a gosto
Sal e pimenta-do-reino
Palitinhos de bambu para espetar

Modo de Preparo:
Coloque os palitos de bambu de molho na água enquanto prepara a carne. Misture todos os ingredientes e forme bolinhos em formato de pequenos 'croquetes'. Retire os palitos do molho, seque-os com um pano e espete os bolinhos de carne. Leve para grelhar em uma frigideira ou no forno, até que eles fiquem totalmente cozidos por dentro. Sirva imediatamente.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Bolo de Festa - Chocolate com Coco e Cobertura de Buttercream


Outro bolo de teste para a festa do pequeno. Desta vez, a massa desse bolo delicioso, um recheio de beijinho (1 lata de leite condensado, 4 colheres (sopa) de coco ralado, 1 colher (sopa) de manteiga e 100g de creme de leite, leve ao fogo os ingredientes sem o creme de leite até que solte do fundo da panela. Junte o creme e leve à geladeira) e cobertura de buttercream (100g de manteiga - temperatura ambiente, 200g de açúcar de confeiteiro e 1 colher (sopa) de essência/extrato de baunilha. Bata bem a cobertura até que os ingredientes fiquem bem incorporados). A montagem foi igual a essa mesmo. Aproveitei que tinha um pedaço de pasta americana e moldei esse barquinho azul, já que o tema da festa é marinheiro! Delícia demais, difícil escolher, acho mesmo que vou fazer um bolo de chocolate e outro de baunilha! 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...