sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Chilli com Frango


Sensacional. Um chilli delicioso, com uma substituição à altura da original. Essa semana comentei com o Bernardo que estava com vontade de comer um chilli. Terça-feira, dia das minhas compras semanais, fui ao mercado e não encontrei aqueles pratinhos com carne moída pronta. Como a fila estava muito grande e o Caio anda muito bagunceiro na hora da feira, deixei pra lá a ideia e voltei pra casa com as compras e um peito de frango, esperando pra virar bife. No dia seguinte, no entanto, decidi que aquele peito de frango viraria um frango moído, e que o chilli de carne viraria um chilli de frango. E olha, foi uma ideia genial! O chilli ficou maravilhoso e suave! Cheguei de noite e comi gelado mesmo, dentro de uma tortilha!

Chilli com Frango

Ingredientes:

2 colheres (sopa) de óleo vegetal
1 cebola grande picada
1 pimentão verde picado
2 dentes de alho amassados
1 e 1/2 colher (chá) de pimenta chilli em pó
1/2 colher (chá) de cominho em pó
1/2 colher (chá) de páprica picante em pó
600g de frango moído - triturei o meu no processador
1 xíc. (chá) de feijão vermelho cozido sem caldo
400g de tomate pelado enlatado passado no liquidificador
1 colher (sopa) de extrato de tomate
Sal e pimenta a gosto

Modo de Preparo:

Em uma panela grande, aqueça o óleo e refogue a cebola, o pimentão, o alho e os temperos por cerca de 5 minutos. Junte o frango e vá dourando até que ele cozinhe completamente. Acrescente o feijão, o tomate, o extrato e tempere com o sal e a pimenta. Deixe que o chilli cozinhe por cerca de 20 minutos, até que o caldo fique grosso e encorpado. Sirva com arroz branco ou dentro de uma tortilha com queijo cheddar ralado.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Sorvete de Chocolate com Manteiga de Amendoim


Contrariando os dois últimos posts do blog, que refletem uma vida serena e sem exageros, a receita hoje é pura indulgência. Estava procurando uma receita de sorvete de tiramisú, porque ultimamente ando louca com tudo o que vai café no meio, e, no meio da procura, encontrei essa receita que levava chocolate e manteiga de amendoim. Aí vocês vão me perguntar: e o que tem a ver o tiramisú com o amendoim?! E eu digo: nada! O caso é que eu tinha aqui metade de um pote de manteiga de amendoim, que usei nos primórdios do mês passado para preparar o meu bolo de aniversário. E como eu estou tentando me controlar risos para não comer abobrinhas o dia inteiro, decidi unir o útil ao agradável e dar um cabo na manteiga que olhava pra mim todo santo dia da porta da geladeira. O que eu não sabia sobre essa receita era a substituição genial do half-and-half por leite com manteiga. O sorvete ficou extremamente macio, tal qual um sorvete industrializado. E o sabor?! Ah, sobre esse acho que nem preciso comentar!

Sorvete de Chocolate com Manteiga de Amendoim
do The Perfect Scoop, do David Lebovitz

2 xíc. (chá) de half-and-half*
1/4 xíc. (chá) de cacau em pó
1/2 xíc. (chá) de açúcar
Uma pitada de sal
1/2 xíc. (chá) de manteiga de amendoim cremosa

Modo de Preparo:

Em uma panela, aqueça o half-and-half, o cacau, o açúcar e o sal. Cozinhe até que comece a ferver. Desligue o fogo, junte a manteiga de amendoim e misture bem. Transfira para um pote e leve à geladeira até que gele completamente - o ideal é que seja de um dia para o outro. Leve a mistura à sorveteira e utilize conforme a instrução do fabricante.

*Para substituir o half-and-half, coloque, em uma xícara, 1 colher (sopa) de manteiga derretida. Complete a xícara com leite integral e utilize conforme indicado na receita.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Torta Caprese


O caso foi o seguinte: no domingo ia fazer uma torta de frango para levar para a casa da minha avó. Fiz a massa, pré-assei e fui fazer o recheio. Eis que, no meio do procedimento, já refogando o frango - que estava delicioso, percebi um pedaço de alguma coisa dentro. Podia ser um vidro. Um pedaço de panela. Um plástico preto. Ou enfim, qualquer coisa que não me pareceu comestível. Desisti da torta, contrariando o Bernardo, que achava que eu deveria apenas tirar o treco preto e servir. Mas não sou dessas. Morro de medo que alguém passe mal com a comida que eu faço. Joguei mesmo fora o recheio e deixei a massa pré-assada na geladeira. Pensei em fazer uma torta de ratatouille, mas perguntei a ele o que ele preferia. Uma torta de ratatouille ou uma torta feita com os ingredientes da salada caprese. Ele escolheu a segunda, e por isso que ela está por aqui hoje. Depois que provei o primeiro pedaço, com aquela muçarela de búfala deliciosamente derretida e aquele tomate adocicado, junto com o sabor do manjericão, descobri que realmente seria difícil a torta de ratatouille ser melhor do que aquilo!

Torta Caprese

Massa:

150g de farinha de trigo
50g de margarina culinária
50g de manteiga
Água gelada para dar o ponto
Sal a gosto

Recheio:

500g de tomate
250g de muçarela de búfala em bolas grandes - peso drenado
Folhas de manjericão
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Parmesão ralado

Modo de Preparo:

Massa - Coloque em uma tigela a farinha, a margarina, a manteiga e o sal. Com a ponta dos dedos, vá despedaçando a manteiga até que ela fique com uma textura de areia grossa. Acrescente água gelada até que você consiga formar uma bola. Enrole a massa em um plástico filme e leve à geladeira por 30 minutos. Retire a massa e forre uma assadeira canelada de fundo removível. Leve para pré-assar em forno pré-aquecido a 190oC por cerca de 20 minutos, ou até que comece a dourar levemente as beiradas. Retire, deixe esfriar e reserve.

Recheio - Fatie os tomates e as bolas de muçarela. Faça camadas com os dois ingredientes. Eu fiz primeiro de queijo, depois tomate, queijo de novo e tomate. Tempere com sal e pimenta e, por cima, salpique um pouco de parmesão ralado e algumas folhas de menjericão. Leve ao forno pré-aquecido a 200oC somente para que a muçarela derreta. Retire do forno e sirva imediatamente.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Milkshake de Chocolate com Avocado


Apesar de geralmente não ter tempo de assistir os programas de TV que gosto, sempre sei o que anda rolando pela internet. Esse milkshake, por exemplo. Vi que a Bela Gil fez um no programa sobre fast food, olhei a receita de relance e fui ao mercado comprar as castanhas para prepará-lo. O que eu não reparei foi que a receita pedia a castanha de caju crua, coisa que só encontro na feira. Acabou que tinha comprado o ingrediente errado, comprei a torrada, o que me impediu de fazer a receita. Consegui, no entanto, uma outra receita e pude atestar a delícia: o milkshake fica grossinho e delicioso, e a adição do gelo deixa ele com a mesma textura daquele feito com sorvete! Só na última semana preparei mais de duas vezes!

Milkshake de Chocolate com Avocado

Ingredientes:

1/2 avocado maduro
2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
2 colheres (sopa) de cacau em pó
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 e 1/2 xíc. (chá) de leite
Gelo a gosto

Modo de Preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador por cerca de 3 minutos, ou até que a batida vire um creme homogêneo. Sirva imediatamente.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Cupcake de Abóbora e Especiarias com Cobertura de Cream Cheese


Uma pena que foto não tem cheiro. Porque o aroma desses cupcakes me ganhou desde que saiu do forno. Não, mentira. Desde que coloquei nas forminhas. Comprei uma abóbora japonesa enorme e, além da verdura normal do almoço, decidi usá-la também para fazer cupcakes, especialmente em voga nessa época de Halloween. Cozinhei um pedaço, fui atrás de uma receita na internet e pensei em como nunca tinha experimentado isso antes. Os bolinhos são deliciosamente macios e aromáticos, com o sabor das especiarias, me lembrando um docinho que eu especialmente amo: aqueles bem fubangas de abóbora que vêm nas sacolinhas de Cosme e Damião. E a cobertura azedinha-doce do cream cheese combina perfeitamente com a maciez dos bolinhos!

Cupcake de Abóbora e Especiarias com Cobertura de Cream Cheese

Ingredientes:

1 e 3/4 xíc. (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/2 colher (chá) de sal
1 e 1/2 colheres (chá) de canela em pó
1/4 colher (chá) de noz moscada moída
1/4 colher (chá) de cravo em pó
1/2 xíc. (chá) de açúcar mascavo
2 ovos grandes
1 xíc. (chá) de abóbora, cozida e amassada
1/2 xíc. (chá) de óleo vegetal
1/3 xíc. (chá) de leite
1 colher (chá) de essência de baunilha

Cobertura:

225g de cream cheese, em temperatura ambiente
1/2 xíc. (chá) de manteiga, em temperatura ambiente
2 a 2 e 1/2 xíc. (chá) de açúcar de confeiteiro peneirado
2 colheres (chá) de essência de baunilha

Modo de Preparo:

Bolinhos - Pré-aqueça o forno a 180oC e forre uma assadeira de cupcakes com as forminhas. Em uma tigela grande, misture a farinha, o fermento, o bicarbonato, o sal, a canela, a noz moscada e o cravo. Em outra tigela, misture o restante dos ingredientes. Junte a mistura líquida aos secos e bata com um fouet somente até incorporar. Encha 3/4 das forminhas com a massa e leve ao forno até que passem no teste do palito, cerca de 25 minutos. Retire do forno e reserve.

Cobertura - Bata todos os ingredientes na batedeira até que o creme fique fofo e sem grânulos de açúcar. Depois dos bolinhos frios, confeite-os com um saco e bico de confeitar. Mantenha os bolinhos na geladeira.


quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Hefezopf


Confesso que ando meio viciada em assar pães. Mesmo que demore, adoro passar horas acompanhando o desenvolvimento dessas massas fofas e deliciosas. E como hoje é o comemorado World Bread Day, um evento que corre por toda a blogosfera, organizado pela Zorra, do Blog Kochtopf, decidi que faria uma receita só para postar nessa data especial. E o pão escolhido não poderia ser mais macio e gostoso. Esse tradicional pão alemão é fofo, saboroso e docinho, o que agrada especialmente o meu eleitorado infantil! Maravilhoso!


Hefezopf
do Step by Step Baking

Ingredientes:

2 colheres (chá) de fermento biológico seco instantâneo
125ml de leite morno
1 ovo grande
450g de farinha de trigo
75g de açúcar refinado
1/4 colher (chá) de sal
75g de manteiga sem sal derretida
Óleo para untar a tigela
1 ovo, para pincelar


Modo de Preparo:

Em uma tigela, dissolva o fermento no leite morno. Deixe esfriar, junte o ovo e misture bem. Em outra tigela maior, coloque a farinha, o açúcar, o sal e a manteiga. Junte o leite com o fermento, misture com uma colher e verta sobre uma superfície enfarinhada. Sove a massa por cerca de 10 minutos, ou até que ela fique homogênea e elástica. Coloque-a em uma tigela untada com óleo, cubra com plástico filme e deixe descansar por cerca de 2 horas, ou até que dobre de volume. Após o descanso, retire o ar da massa e sove-a rapidamente. Divida-a em três parte iguais e enrole as partes para que formem 3 rolos do mesmo tamanho. Junte as pontas dos rolos e faça uma trança. Deixe a massa crescer novamente por cerca de 2 horas, até que dobre novamente de volume. Pincele com o ovo batido e leve ao forno pré-aquecido a 190oC até que o pão fique dourado e totalmente assado por dentro. Retire do forno e deixe esfriar um pouco antes de servir.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Trança de Nutella


O Bruno adora Nutella. Come purinho mesmo, ou com pão, ou com torrada, com bolacha, qualquer coisa pra ele é acompanhamento. Aí ele viu esse pão em um dos sites que ele gosta e me mostrou logo, dizendo que devia ser uma delícia. Logo pra mim né, aquela mãe que ama invenção. No mesmo dia comprei um pote de Nutella e, no dia seguinte, saiu um pão fumegante e macio do forno, recheado com deliciosas camadas desse creme maravilhoso! Ele mesmo comeu o pão quase todo!


Trança de Nutella
inspirada nessa, receita do Step by Step Baking

Ingredientes:

125 ml de leite
125 ml de água
100g de manteiga sem sal
2 colheres (chá) de fermento biológico seco
50g de açúcar refinado
550g de farinha, peneirada, extra para polvilhar
1 colher (chá) de sal
1 ovo, mais duas gemas
Óleo vegetal, para untar a tigela
350g de Nutella, ou qualquer outro creme de avelã
1 ovo para pincelar

Modo de Preparo:

Em uma panela, aqueça o leite, a água e a manteiga, até que a mistura fique homogênea. Reserve e deixe amornar. Misture então o fermento e 1 colher (sopa) de açúcar. Cubra e deixe descansar por 10 minutos. Em uma tigela, coloque a farinha, o sal e o açúcar restante. Faça um buraco no centro dos ingredientes secos e despeje a mistura do leite. Incorpore os ovos e sove a massa por aproximadamente 10 minutos, ou até que a massa fique macia e elástica, polvilhando farinha, se necessário. Coloque a massa em uma tigela untada com óleo, cubra com filme plástico e deixe crescer por aproximadamente 2 horas, ou até que dobre de tamanho. Abra a massa sobre uma superfície polvilhada com farinha de trigo em um retângulo de cerca de 40x30cm. Espalhe uma camada generosa do creme de avelã sobre a massa. Enrole-a como um rocambole e corte-a ao meio, no sentido do comprimento. Faça uma trança com as pontas e transfira para uma assadeira untada com óleo. A assadeira deve ser bem grande, pois a massa deve dobrar de volume. Deixe a trança descansando por cerca de 40 minutos. Pincele com o ovo e leve ao forno pré-aquecido a 180oC até que o pão esteja dourado na superfície e totalmente assado, cerca de 40 minutos. Retire do forno e deixe esfriar um pouco antes de servir.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...