domingo, 14 de dezembro de 2014

Quiche de Cebola Caramelizada com Queijo de Cabra


Eu já contei aqui que não era nada chegada no queijo de cabra. Aí, na tentativa de mudar meu paladar, comprei um bom pedaço de Casablanca. Já na primeira mordida, caí de amores. Com certeza é o meu queijo de cabra preferido, seguido do delicioso feta, e, atualmente, qualquer outro também. Para receber minhas amigas outro dia, fiz essa quiche. As cebolas carameladas e o queijo de cabra combinaram perfeitamente. No dia seguinte comi o restante praticamente sozinha. Na hora que o Bernardo foi procurar, já não tinha mais nem migalha pra contar história!

Quiche de Cebola Caramelizada com Queijo de Cabra

Ingredientes:

Massa

1¼ xícara farinha de trigo
½ colher (chá) sal
100g manteiga, gelada e cortada em pedacinhos
30ml (2 colheres de sopa) água gelada

Recheio

1 cebola roxa, fatiada
1 colher (sopa) de manteiga
1 colher (sopa) de açúcar
1 colher (chá) de sal
100g de queijo de cabra ralado
25g de queijo parmesão ralado
200g de creme de leite
2 ovos
1 colher (chá) de tomilho seco
Sal e pimenta a gosto

Modo de Preparo:

Massa - Na tigela do processador coloque a farinha, sal e manteiga, pulse até formar uma farofa úmida. Adicione a água aos pouquinhos, até que uma massa de forme, não processe demais, e pode ser necessário mais água, ou menos também. Coloque a massa sobre uma superfície enfarinhada e amasse algumas vezes, só até ficar homogênea. Abra a massa com um rolo e cubra-a uma forma canelada de 25cm, fure a massa com um garfo e leve ao freezer por 30min. Pré-asse a massa por 20 minutos no forno a 180oC, retire e deixe esfriar.

Recheio - Em uma frigideira, doure a cebola na manteiga com o açúcar e o sal. Deixe caramelizar por cerca de 5 minutos. Retire do fogo e reserve. Em uma tigela, misture o queijo de cabra, o parmesão, o creme de leite, os ovos e o tomilho. Tempere com o sal e a pimenta e junte a cebola.

Montagem - Recheie a torta com o creme e leve ao forno pré-aquecido a 180oC por cerca de 40 minutos, ou até que a quiche fique firme no centro e passe no teste do palito.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Gnocchi com Pesto de Cebolinha e Limão Siciliano


Minha massa preferida, definitivamente, é o gnocchi. Adoro a maciez e delicadeza que ele tem, e acho perfeito com qualquer tipo de molho. Queria fazer um pesto pro jantar, mas não tinha manjericão. Acabei lançando mão de uma cebolinha linda que comprei no mercado, com um toque de limão siciliano. Como também não tinha pinoli, usei um restante de pistache que tinha aqui disponível. O gnocchi ficou tão gostoso que eu e o Bernardo comemos escondidos na cozinha, antes das crianças descobrirem o que estávamos fazendo!

Gnocchi com Pesto de Cebolinha e Limão Siciliano

Ingredientes:

Gnocchi

1 kg de batatas
200g de farinha de trigo
1/2 colher (chá) de sal

Pesto

1/2 maço de cebolinha
1/4 xíc. (chá) de pistache, sem casca
1/2 xíc. (chá) de azeite de oliva
1 dente de alho
1/2 xíc. (chá) de parmesão ralado
Raspas e sumo de 1/2 limão siciliano
Sal e pimenta a gosto
Parmesão para servir

Modo de Preparo:

Gnocchi - Cozinhe as batatas em bastante água com sal. Amasse-as ou processe-as, junte o sal e vá juntando a farinha de trigo até que dê o ponto de desgrudar das mãos, aqui em casa usei 150g. Quanto mais farinha, mais ressecada ficará a massa. Ferva bastante água com sal em uma panela grande. Enquanto isso, molde os gnocchis. Divida a massa em 8 pedaços. Enrole cada pedaço de massa, de forma que virem cilindros não muito grossos. Corte os gnocchis, sempre polvilhando com farinha para não grudar. Coloque-os para cozinhar na água fervente, e deixe-os ferver até que subam à superfície da água. Retire do fogo, passe por um recipiente com água gelada e reserve.

Pesto - Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata bem, até que o molho fique homogêneo e encorpado. Retire do liquidificador e leve à uma frigideira grande aquecida. Junte o gnocchi e deixe que o molho penetre bem na massa. Sirva com bastante parmesão ralado.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Tronco de Natal


Eu sempre tive um pouco de dificuldade de fazer rocamboles. Sempre quebravam ou ficavam com gosto de ovo. Até hoje. Acordei decidida a fazer um tronco de Natal, esse bolo lindo que é a cara dessa época do ano. Fiz a massa, saiu ótima. Assei, ficou perfeita. Virei no papel  manteiga, enrolei de novo e nada de quebrar. Recheei, levei à geladeira, cobri e pronto! Uma lindeza, massinha macia e recheio cremoso de coco. E tudo isso em menos de 1 hora! O que mais eu poderia querer?

Tronco de Natal
massa daqui

Ingredientes:

Massa

4 ovos
100g de açúcar refinado
65g de farinha de trigo com fermento
40g de cacau em pó

Calda

60ml de água
60ml de açúcar de confeiteiro

Recheio

1 lata (395g) de leite condensado
3 colheres (sopa) de coco ralado
1 colher (sopa) de manteiga
100g de creme de leite

Cobertura

100g de creme de leite
150g de chocolate meio amargo
Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Modo de Preparo:

Massa - Pré-aqueça o forno a 180oC. Bata os ovos com o açúcar até obter um creme leve e esbranquiçado. Peneire por cima a farinha e o cacau, misturando delicadamente para incorporar, com cuidado para não desfazer as bolhas de ar. Despeje a mistura sobre uma assadeira de 33x23cm, untada com manteiga e forrada com papel manteiga. Leve ao forno por cerca de 10 minutos, ou até que passe no teste do palito. Retire do forno, verta o bolo sobre um papel manteiga polvilhado com bastante açúcar refinado e corte cerca de 2 cm das pontas no sentido do maior lado. Leve os ingredientes da calda ao micro-ondas por 30 segundos, para dissolver o açúcar. Pincele o bolo com bastante calda, para umedecer bem as camadas. Enrole como um rocambole e deixe esfriar.

Recheio - Em uma panela de fundo grosso, junte o leite condensado, o coco ralado e a manteiga. Deixe cozinhar em fogo baixo mexendo sempre, até que desgrude do fundo da panela. Retire do fogo, junte o creme de leite e deixe esfriar.

Cobertura - Derreta o chocolate e o creme de leite no micro-ondas. Misture bem e reserve em temperatura ambiente.

Montagem - Abra a massa do rocambole e despeje o recheio. Enrole com firmeza e leve à geladeira para firmar, cerca de 30 minutos. Cubra com a ganache de chocolate e faça desenhos com um garfo, imitando um tronco. Decore com açúcar de confeiteiro e sirva.

sábado, 6 de dezembro de 2014

Mince Pies Integrais


Estava com vontade de assar um panettone essa semana, mas acabei adiando o projeto e arrumei um tempo para preparar essas mince pies, tortinhas inglesas de frutas secas típicas dessa época do ano. Fiz uma versão integral, só pra parecer mais inofensiva do que a versão regular. E ficaram deliciosas. A massa quebradiça e o recheio doce na medida certa. Tão gostosas que deverão ser repetidas até o Natal!

Mince Pies Integrais
do Baking: Step by Step

Ingredientes:

Massa:

180g de farinha de trigo branca
150g de farinha de trigo integral
1/2 colher (chá) de sal
150g de manteiga sem sal, gelada, em cubos
2 colheres (sopa) de açúcar refinado
6 a 7 colheres (sopa) de água gelada
1 ovo batido, para pincelar

Recheio:

1 maçã pequena ralada
30g de manteiga derretida
115g de passas claras
115g de passas escuras
45g de cascas de laranja e limão cristalizadas picadas
45g de amêndoas ou avelãs picadas
Raspas de 1 limão siciliano
1 colher (sopa) de conhaque ou whisky
30g de açúcar mascavo
1 banana pequena, cortada em cubos pequenos

Modo de Preparo:

Massa - Em uma tigela coloque todos os ingredientes, com exceção da água. Com a ponta dos dedos, trabalhe a massa até que ela fique com a textura de areia molhada, com a manteiga completamente incorporada. Acrescente a água aos poucos, até que a massa desgrude das mãos e forme uma bola homogênea. Leve à geladeira por 30 minutos. 

Recheio - Em uma tigela, coloque todos os ingredientes. Misture bem com as mãos e reserve enquanto monta as tortinhas.

Montagem - Abra a massa e corte círculos que caibam em fôrminhas de cupcakes. Forre as fôrmas com a massa, recheie com a mistura reservada e cubra com estrelinhas de massa, apertando bem as pontas para que não se soltem. Leve à geladeira por 10 minutos. Pincele com o ovo batido e leve ao forno pré-aquecido a 190oC por cerca de 20 minutos, ou até que as tortinhas comecem a dourar e estejam totalmente assadas no fundo. Retire do forno e sirva em temperatura ambiente.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Waffle Semi-Integral de Banana


Acordei no domingo morrendo de vontade de comer um waffle. Mas não queria um waffle comum, daqueles de sempre. Queria aproveitar umas bananas que já estavam ficando passadas na fruteira. Procurei uma receita de waffle de banana e dei preferência pra versão integral porque, né, ando muito cheia de gordices ultimamente. Não foi tão fácil de achar como eu pensava, tive que procurar um bocado na internet até encontrar uma que achei que ficaria boa. Mas a surpresa maior eu não estava nem esperando. Os waffles ficaram com o gosto igualzinho aos waffles que comemos nos Estados Unidos na última viagem de férias que fizemos. Não sei se foi a canela, mas alguma coisa me remeteu direto àqueles dias na terra do Mickey Mouse!

Waffle Semi-Integral de Banana

Ingredientes:

3/4 xíc. (chá) de farinha de trigo 
3/4 xíc. (chá) de farinha de trigo integral
1 colher (sopa) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de sal
1/2 colher (chá) de canela em pó
2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1 e 3/4 xíc. (chá) de leite integral
2 ovos
1/4 xíc. (chá) de manteiga derretida
1 banana amassada
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Modo de Preparo:

Em uma tigela, peneire as farinhas, o fermento, o sal e a canela. Junte o açúcar e misture bem. Em outro recipiente, misture os ingredientes líquidos, os ovos e a banana. Incorpore a mistura líquida aos secos e misture bem. Pré-aqueça a máquina de waffle e coloque conforme a capacidade. Servi quente com banana e maçã cortada, e bastante xarope de bordo!

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Crepioca


Estive trabalhando um bocado ultimamente, por isso sumi um pouquinho mais do que gostaria. Além disso, há pouco menos de duas semana, perdi um dos meus vovôs, que eu adorava demais. Aí fiquei sem ânimo para cozinhar e passar por aqui. Volto hoje com uma receita que descobri recentemente e que já virou queridinha na minha cozinha. A tal da crepioca, uma mistura de crepe com tapioca, nada mais é do que uma omelete com a goma da mandioca. Meu outro vovô trouxe uma goma deliciosa pra gente um dia desses e eu, curiosa com essa receita que tinha visto, decidi arriscar. Além de um jantar com bastante "sustância", a crepioca quase não leva gordura, além de ser naturalmente sem glúten, o maior vilão dos últimos tempos. A receita é pequenininha, por isso vou dar sem alarde mesmo: 1 ovo, 1 colher (sopa) de goma de tapioca, 1 colher (sopa) de creme de ricota, cebolinha a gosto e queijo minas frescal para rechear. Misture os ingredientes, com exceção do queijo minas e bata levemente com um garfo. Aqueça uma frigideira, coloque um tantinho de azeite e despeje a mistura. Frite em fogo médio e vire quando o outro lado estiver dourado. Recheie com o queijo, dobre a crepioca ao meio e tampe a frigideira para derreter o queijo. Retire do fogo e sirva imediatamente.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Tiramisu


Ontem decidi fazer aqui em casa uma almoço típico da Inglaterra. Teve rosbife de filé, um molho com cogumelos, bolinhos yorkshire e legumes para acompanhar. Aí, já que eu estava no mercado comprando coisas especiais, decidi torrar também em um potinho de mascarpone para fazer esse tiramisu que eu já estava namorando há meses. Com um creme super simples sem ovos e com uma calda sem álcool, desconfio que esse tenha sido o melhor tiramisu que já comi até hoje. Sei que não é o original, mas estava realmente uma delícia, firme e com as camadas de biscoito deliciosamente molhadas pelo café espresso maravilhoso. Mesmo fazendo pouco antes do almoço, o creme ficou gelado o suficiente na hora de comer!

Tiramisu
do Family Kitchen Cookbook

Ingredientes:

500g de mascarpone
50g de açúcar de confeiteiro
1/4 xíc. (chá) de creme de leite fresco
300ml de café forte frio
175g de biscoito champagne
1 colher (sopa) de cacau em pó

Modo de Preparo:

Em uma tigela, coloque o mascarpone, o açúcar e o creme de leite fresco. Misture bem com um fouet até que o creme fique leve e homogêneo. Reserve. Em um prato fundo, despeje o café e vá molhando os biscoitos. Em uma travessa grande ou em taças, alterne camadas do biscoito, creme e o cacau em pó peneirado. Finalize com uma camada de creme e cacau. Cubra com plástico filme e leve à geladeira por pelo menos uma hora antes de servir.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...