quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Molho de Beterraba com Cenoura - Para Massas - da Bela Gil


Fui ao mercado na terça-feira e comprei lindos tomates orgânicos, aqueles que vêm naquelas bandejas de isopor, vermelhinhos e fofinhos. Hoje fui dar aula à noite e ia deixar um molho pronto para as crianças jantarem com uma massa. Quando abri a primeira embalagem, decepção. Dos 4 tomates, 2 estavam podres. E o mesmo se repetiu na outra embalagem. Munida de apenas metade dos meus ingredientes, lembrei desse molho que tinha visto no programa da Bela Gil tempos atrás. Tinha cenouras, beterrabas e o restante dos ingredientes e decidi testar a receita. Apesar de levar mais tempo do que o meu molho de tomate de costume, o meu molho de beterraba com cenouras ficou com uma textura e cor incríveis, e os meninos teriam achado que era de tomate se o Bernardo não tivesse revelado o teor do molho delicioso. Eles comeram tudinho, e eu acabei de me deliciar com um prato cheio de um linguine com um monte de molho e bastante parmesão ralado!

Molho de Beterraba com Cenoura - Para Massas - da Bela Gil

Ingredientes:

2 colheres (sopa) de azeite de oliva
3 cenouras, descascadas e cortadas em pedaços médios
½ beterraba grande, descascada e cortada em pedaços médios
½ cebola picada
2 dentes de alho picado
1 colher (chá) de vinagre de maçã ou de arroz
2 colheres (sopa) de shoyu
3 copos de água
1 colher (sobremesa) de orégano seco
1 folha de louro
1 pitada de noz-moscada
2 a 3 colheres (chá) de sal marinho
½ xícara manjericão fresco picado + 1/4 de xícara para o final

Modo de Preparo:


Aqueça o azeite em uma panela de fundo grosso em fogo médio. Adicione a cebola e o alho e cozinhe, mexendo de vez em quando, por cinco minutos, até que as cebolas fiquem translúcidas. Adicione a cenoura, a beterraba, a água, o orégano, a folha de louro, sal, manjericão e tampe a panela. Deixe ferver. Em seguida, abaixe o fogo e cozinhe por cerca de 30 minutos, até que os vegetais estejam bem macios Se necessário, acrescente mais água. Bata a mistura com um misturador vertical ou em um liquidificador e ajuste o tempero se necessário. Adicione a outra metade do manjericão picado, leve ao fogo por mais cinco minutos e sirva.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Pão Italiano Assado com Queijos e Manteiga de Ervas


Estava morrendo de vontade de provar esse pão. Fui ao mercado, comprei uma panhoca italiana e cheguei em casa toda serelepe, cheia de ideias do que iria colocar dentro. Recheamos com queijo, manteiga de alho, cebolinha e salsinha e forno. O Bernardo tirou a foto e devoramos um pão grande inteiro, eu e ele sozinhos. Aí ótimo, esperei ele passar as fotos e eis que.. o homem apagou a foto da câmera, achando que já tinha me mandado. Bom, a única coisa que eu poderia fazer era comprar outro pão para repetirmos a deliciosa receita. É tão fácil que não vou nem colocar receita: usei 1 pão italiano, 1/2 xíc. (chá) de manteiga derretida, temperada com sal e pimenta e misturada com 2 dentes de alho (pequenos) ralados, um punhado de salsinha e cebolinha bem picadas. Fatias de queijo - aqui usei prato e parmesão, mas pode ser qualquer tipo de queijo. Cortei o pão em fatias superficiais, depois no sentido oposto. Só precisa ter cuidado para não ir até o final e o pão não se desmontar todo. Fui colocando colheradas da manteiga derretida nos cortes do pão, de forma a molhar todo ele com a manteiga temperada. Depois arrumei as fatias de queijo nos espaços, salpiquei com parmesão e cebolinha e levei ao forno pré-aquecido a 190oC, coberto com papel alumínio, por cerca de 10 minutos. Tirei o papel alumínio, aumentei o forno para 210oC até dourar o queijo. Imagina isso em uma mesa de tira-gosto com os amigos, que charme! 

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Picolé de Manga com Maracujá


O inverno não está sendo nada fácil por aqui. Temperaturas altíssimas, muita secura e a previsão do dia mais quente do ano na estação que deveria ser o contrário estão deixando todo mundo confuso - além de morto de sede e de calor. Há alguns meses, eu e o Marcelo assistimos a um programa no GNT no qual era organizada uma festinha de aniversário. Aí a moça que cuidava das comidas fez esse picolé. Desde então ele sempre me pede o picolé, mas sempre falta algum ingrediente aqui em casa, pra variar. No sábado, munida de todos os ingredientes, preparei os picolés tão queridos pelo pimpolho. Ficaram deliciosos e super fresquinhos, cremosos da manga e refrescantes do maracujá. Eles devoraram tudo em segundos, e o pobre do Bernardo teve que se contentar com um copo de água gelada, já que a forminha de picolés daqui só tem satisfaz 4 gulosos calorentos!

Picolé de Manga com Maracujá
do Programa Fazendo a Festa, do GNT

Ingredientes:

1/4 xíc. (chá) de polpa de maracujá
1 xíc. (chá) de água
1 manga madura, picada
2 colheres (sopa) de açúcar (opcional)

Modo de Preparo:

Bata a polpa de maracujá com a água. Se estiver usando a própria fruta, coe as sementes e descarte. Bata o suco do maracujá com a manga e prove. Se estiver muito ácida, adicione o açúcar. Despeje a mistura nas forminhas para picolé. Leve ao freezer por cerca de 6 horas antes de servir.

domingo, 23 de agosto de 2015

Waffle de Abóbora e Especiarias


Meu caso de amor com a abóbora já é antigo. Adoro sopa de abóbora, purê de abóbora, abóbora com quiabo e qualquer outra preparação salgada que leve o ingrediente. Mas os doces com a abóbora que realmente são minha perdição. Sempre fui daquelas que comia o doce de abóbora com cravo que vinha naqueles saquinhos de Cosme e Damião, junto com aquelas maria-mole de casquinha e doces de amendoim, onde todos os sabores se misturavam. E a estrela pra mim não eram os chicletes e balas, mas os doces de abóbora e batata doce. Até hoje eu como o de todos os saquinhos que ganhamos aqui em casa. Ano passado eu descobri uma receita que só de lembrar do aroma me dá vontade de preparar de novo. O cupcake de abóbora com especiarias e cobertura de cream cheese, perfeito para servir em um chá da tarde, ou comer no café da manhã. Pensando em café da manhã e com uma abóbora quase estragando na geladeira, fui atrás de uma receita de waffle de abóbora, porque ora, se o cupcake é delicioso, por que não mudar o formato para um delicioso e fofo waffle para complementar um café de domingo? Encontrei uma receita do jeito que eu queria. Fiz a besteira de só fazer a metade, mas me arrependi profundamente. No final do café já estava com saudades do sabor e do aroma dos meus waffles.

Waffle de Abóbora e Especiarias

Ingredientes:

1/4 de xícara (chá) de açúcar mascavo
3 colheres (sopa) de amido de milho
1 e 1/4 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 e 1/2 colheres (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de sal
1 e 3/4 colheres (chá) de canela
2 colheres (chá) de gengibre
1/4 de colher (chá) de cravo da índia triturado
1/2 colher (chá) de noz-moscada ralada na hora
2 ovos grandes
1 xícara (chá) de leite integral
1 xícara (chá) de purê de abóbora - abóbora cozida em água e batida
4 colheres de sopa de manteiga sem sal, derretida e morna

Modo de Preparo:

Misture bem o açúcar mascavo e o amido de milho em uma tigela grande. Acrescente os demais ingredientes secos e misture. Separe as gemas das claras, bata as claras em neve até formar picos firmes e reserve. Misture a abóbora, o leite e as gemas. Junte a manteiga derretida e misture um pouco mais. Adicione os ingredientes secos e misture brevemente; a massa não precisa ficar totalmente homogênea e assim manterá um pouco da textura da abóbora e dos temperos. Misture delicadamente as claras até que elas estejam totalmente incorporadas à massa. Aqueça sua máquina de waffle. Quando atingir a temperatura correta, unte com manteiga – derretida ou em spray – e despeje 1/4 da massa no centro da forma. Para saber se está pronto eu em geral abro pra checar quando pára de sair fumaça.

Servi os meus com uma cobertura de cream cheese (2 colheres (sopa) de cream cheese batidas com 1 colher (sopa) de açúcar de confeiteiro), morangos frescos e xarope de bordo.

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Shakshuka com Queijo Feta


Vi uma foto linda dessa receita no mesmo site em que vi aquele pudding de banana. Como acontece frequentemente com as coisas que vejo no NY Times do Facebook, saí em polvorosa para preparar essa receita para o meu próximo café da manhã. Acordei cedo, preparei o molho de tomate e, enquanto fazia as torradinhas, deixei o molho assando com o ovo. O aroma incrível dos temperos e a textura do ovo com gema mole ganharam meu coração. E o molho que sobrou serviu para uma massinha no jantar!

Shakshuka com Queijo Feta

Ingredientes:

3 colheres (sopa) de azeite
1 cebola, cortada em fatias finas
1 pimentão vermelho, sem sementes e cortado em fatias finas
3 dentes de alho picados
1 colher (chá) de cominho em pó
1 colher (chá) de páprica doce
1/8 colher (chá) de pimenta caiena
1 lata (400g) de tomate sem pele
Sal e pimenta-do-reino a gosto
1 e 1/4 xíc. (chá) de queijo feta 
6 ovos
Coentro picado para servir

Modo de Preparo:

Pré-aqueça o forno a 190oC. Em uma panela, aqueça o azeite e refogue a cebola e o pimentão. Deixe cozinhar até que fiquem bem macios, cerca de 20 minutos. Acrescente o alho, o cominho, a páprica, a pimenta caiena e o molho de tomate. Tempere a gosto e deixe cozinhar por mais 10 minutos para apurar o molho. Transfira cerca de 1 concha de molho para cada refratário individual. Abra um espaço no meio e quebre o ovo, delicadamente. Salpique com o queijo feta esfarelado, tempere com sal e pimenta e leve ao forno por cerca de 5 minutos, ou até que o ovo esteja no ponto, com a clara firme e a gema mole. Decore com o coentro e sirva com torradinhas.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Brownie de Micro-Ondas


Sabe aquele dia que você está morrendo de vontade de comer um doce e não tem nada em casa? Aqui em casa é assim, eu faço doces para vender mas nunca sobra nada pra mim. Para dias de vontade de comer chocolate, eu sugiro que vocês façam essa receitinha. Cheguei do trabalho e já fui logo pra internet procurar essa receita, que eu já tinha visto rolando aqui pela internet. Não botei muita fé, confesso, mas tenho que dizer pra vocês que esse brownie é uma coisa incrível. Extremamente cremoso e chocolatudo, fez a minha felicidade nessa noite fria!  Façam que vocês não vão se arrepender!

Brownie de Micro-Ondas

Ingredientes:

2 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de açúcar
2 colheres (sopa) de chocolate em pó
2 colheres (sopa) de leite
1 e 1/2 colher (sopa) de manteiga derretida

Modo de Preparo:


Misture todos os ingredientes secos farinha de trigo, açúcar e chocolate em pó. Junte a mistura à margarina derretida e o leite. Leve a mistura em uma caneca, ao micro-ondas durante 40 segundos. Caso precise de mais tempo coloque de 10 em 10 segundos até ficar pronto

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Focaccia 100% Integral com Alecrim, Cebola e Azeitona


Queria comer uma focaccia, mas não queria comer uma qualquer. Meu desejo era por um pão 100% integral, coisa que eu nunca boto muita fé, mas que sempre me surpreende. E com essa focaccia não foi diferente. Não botei fé na massa que saiu da batedeira, não botei fé na hora que fui colocá-la na assadeira e nem na hora do forno. Mas aqui tudo começa pelo aroma maravilhoso que saiu da cozinha quando o forno estava ligado. A cebola, a azeitona e o alecrim formaram uma parceria incrível, mais ainda com essa beleza de massa super-ultra-incrivelmente macia. Olha que eu não sou de exagerar, mas nunca esperava que essa focaccia ficasse tão saborosa e fofa. Cheguei do trabalho com vontade de comer mais um pedaço, até acendi o forno para esquentá-la, mas não aguentei esperar e comi tudo frio, antes mesmo de pegar a assadeira! Uma delícia!


Focaccia 100% Integral com Alecrim, Cebola e Azeitona

Ingredientes:

3/4 xíc. (chá) de água morna
2 e 1/2 colheres (chá) de fermento biológico seco instantâneo
2 xíc. (chá) de farinha de trigo integral
1/2 colher (sopa) de alecrim fresco picado
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de azeite, extra para regar a focaccia
1/2 cebola, cortada em meia-lua
1/3 xíc. (chá) de azeitona preta sem caroço fatiada
Sal grosso a gosto
Alecrim para decorar

Modo de Preparo:


Em uma tigela, dissolva o fermento na água morna. Reserve. Na tigela da batedeira, coloque 1 e 1/2 xíc. (chá) da farinha de trigo, o alecrim, o sal e a colher (chá) de azeite. Despeje a água com o fermento e sove até que a massa fique lisa e homogênea, cerca de 10 minutos, Se necessário, acrescente o restante da farinha. Coloque a massa para descansar em uma tigela untada com azeite e coberta com um plástico filme por cerca de 1 hora, ou até que dobre de volume. Retire o ar da massa e coloque-a em uma assadeira de cerca de 25x15cm, untada com bastante azeite. Abra a massa e faça furos profundos com as pontas dos dedos. Coloque a cebola e a azeitona por cima, e regue com bastante azeite. Decore com o sal grosso e o alecrim. Cubra com plástico filme e deixe descansar novamente até dobrar de tamanho, cerca de 1 hora. Asse a focaccia em forno pré-aquecido a 190oC por cerca de 30 minutos, ou até que comece a dourar nas bordas e fique totalmente assada por dentro. Retire do forno e sirva morna.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...